segunda-feira, 15 de abril de 2013

Trote, faz bem?

Andar à cavalo causa dores na coluna? Muita gente acredita que sim, mas cavalgadas podem fazer um bem enorme à coluna basta acertar o passo, entrar no ritmo do cavalo. A cavalgada pode até causar dor na coluna em quem não sabe andar a cavalo, a coluna é como uma mola, se você está todo duro em cima do cavalo você pode causar dor. Para isso tem que ficar solto e acompanhar o molejo do animal.
Esses movimentos vão naturalmente fortalecendo principalmente a musculatura abdominal e lombar.
Conforme o cavalo se movimenta ao passo o nosso quadril estimula as reações equilíbrio do tronco e o sistema nervoso central de forma que a gente fica em alerta com nível de contração muscular maior, mas ao mesmo tempo relaxado por estar praticando uma atividade prazerosa e ao ar livre.





“Ao montar um cavalo, um ser maior e mais forte, adquire-se autoconfiança e determinação. Mas, principalmente, esse contato melhora a auto-estima, trazendo alegria e satisfação.” Quem diz isso é um dos pioneiros da equoterapia no país, o tenente-coronel Yvens Catalano, do Regimento da Cavalaria 9 de Julho, da PM de São Paulo. “O praticante conhece e vence seus limites, exercita a paciência e o controle emocional.”
A técnica era utilizada na Grécia antiga, mas só recentemente tem ganhado contornos científicos. O tenente-coronel Catalano explica que, a cada passo, o animal faz movimentos longitudinais, verticais e horizontais, com uma harmonia de ritmo e intensidade que traz benefícios ao corpo humano. “Melhora nosso tônus muscular, agindo no sistema nervoso central, com benefícios ao equilíbrio e à postura.”
A equoterapia chegou ao Brasil em 1989 e é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina desde 1997. Médicos, psicólogos, fisioterapeutas, pedagogos, musicólogos e fonoaudiólogos, entre outros profissionais, vêm receitando montaria para pessoas com necessidades especiais de aprendizado ou nas funções motoras. Mas todos que estiverem buscando qualidade de vida podem entrar nessa: andar a cavalo faz bem.